terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Dança

Um passo à esquerda, dois à direita
ritmados vamos na cadência certa
belo vestido púrpura que te enfeita
lindo esse decote que me desperta

Teu corpo balança em meus braços
ao som da música que escutamos
desajeitados mas sem embaraços
esta é a nossa música e dançamos

Nos teus olhos perco o meu olhar
nos teu lábios colo a minha boca
teu belo corpo encostado no meu

É por ti que estamos aqui a dançar
mesmo sendo esta uma ideia louca
vem Julieta, dança p'ró teu Romeu

7 comentários:

  1. Olá meu caro poeta, seus versos ritmados, melodiosos são singelos e encantadores. Um abraço com carinho.

    ResponderEliminar
  2. Manu
    lindos versos como sempre.
    Obrigada pelo teu carinho no meu espaço.
    Espero-te sempre.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. lindos versos Romeu rsrs.........saudades de vccc

    Não tente entender o que um Poeta escreve,
    As tuas escritas não se definem, se traduz!
    O Poeta, Poeta! Viaja ao além tão breve...
    Que até as trevas chegam a pensar que é luz!

    Beijos além mar...........Saudades tuas.

    ResponderEliminar
  4. *
    belo soneto,
    ,
    Tocaram uma rumba e dancei com ela
    e num passo maluco voamos na sala
    qual uma estrela riscando o céu
    e a malta gritou: "Aí Benjamim"
    Olhei-a nos olhos sorriu para mim
    pedi-lhe um beijo, la la la la la,
    ,
    in - sergio godinho,
    ,
    saudações,
    ,

    ResponderEliminar
  5. BOM FDS "Amador dos Versos"

    Minh'alma habita em tí, ilha de paz
    Reduto de amor e calmaria
    onde nenhum vendaval há de levar...

    Beijo-te...........M@ria

    ResponderEliminar
  6. Adoro ler e reler este poema...

    acho-o sedutor!

    beijo

    ResponderEliminar
  7. Que lindo!!!! Românticoooooo.rs. Bjssss

    ResponderEliminar